betrealmoneyonline -Movimentos em defesa dos direitos da população em situação de rua de São Paulo realizarão um ato nes

Movimentos realbetrealmoneyonline -izam ato e divulgam manifesto

Movimentos em defesa dos direitos da população em situação de rua de São Paulo realizarão um ato nesta sexta-feira (12) contra a política higienista da prefeitura da capital paulista,betrealmoneyonline - com a leitura da carta-manifesto "Se a barraca não é lar, moradia já!".

Continua após a publicidade

O ato será uma "carroceata" (uma passeata com carroças), que partirá do prédio da Prefeitura até a Câmara dos Vereadores - onde haverá uma audiência pública sobre a atuação dos serviços de zeladoria urbana. A carta-manifesto será lida durante o ato.

O texto foi produzido por diversas entidades e contou com a colaboração de pessoas que vivem nas calçadas, catadores e catadoras de material reciclável e moradores de ocupações e albergues.

Os grupos denunciam as ações violentas que acontecem há muitos anos, em diferentes regiões da cidade. Agentes do poder público criminalizam pessoas em situação de rua e retiram seus objetos pessoais.

A situação dos catadores de material reciclável e vendedores ambulantes também será debatida no ato. O recolhimento dos equipamentos de trabalho tem sido comum, e o acesso à alimentação digna piorou desde o fechamento de um restaurante popular da rede Bom Prato na região da Luz.

"É fundamental dar visibilidade à situação da população em situação de rua em São Paulo e no Brasil. A verdade do que estamos passando na rua deve ser dita e escutada por todas e todos. É preciso ter mais empatia, por isso estamos juntos nessa luta", disse Roseli Kramer Esquillaro, do Movimento Nacional de Luta e Defesa da População em Situação de Rua.

A manifestação desta sexta-feira começa às 11h junto ao prédio da Prefeitura, no Viaduto do Chá, região central de São Paulo. Na sequência, haverá distribuição de almoço. A caminhada e a carroceata estão previstas para começar às 12h30.

Edição: Thalita Pires


Relacionadas

  • STF abre as portas para ouvir demandas da população em situação de rua

  • Número de crianças e adolescentes em situação de rua em São Paulo dobra em 15 anos

  • Sem moradia e trabalho, população em situação de rua sofre com a falta de políticas públicas

BdF

  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap